Tagueamento de página: Virtual ou automático, qual a diferença?

A principal diferença entre os dois tipos de tagueamento é a configuração do código de _trackPageview.

 

1° – O tagueamento automático é a inserção do código de página _gaq.push(['_trackPageview']). A simples inserção deste código irá registrar o que estiver no campo de URL do browser do usuário e de acordo com o domínio que estiver configurado no seu perfil de Google Analytics.

Ex.:

URL do browser do usuário: http://blog.brunomartos.com/pt/gerencial/bem-vindos

Registro dentro do GA: /pt/gerencial/bem-vindos

 

A partir do momento que você utiliza símbolos como “?” ou “#”, o Google Analytics não irá registrar a informação que está depois deles. Fique atento para não usar estes símbolos nos parâmetros de campanha em uma URL.

Ex.:

URL do browser do usuário: http://blog.brunomartos.com/pt/gerencial/bem-vindos#versaoPT

Registro dentro do GA: /pt/gerencial/bem-vindos

Para entender como taguear URLs com “?” ou “#”, veja o artigo “Por que preciso taguear as minhas campanhas de display?

 

2° – O registro virtual da página dependerá da sua necessidade no tagueamento do site. A utilização dessa maneira de registro de página pode acontecer nas seguintes situações:

- Conteúdo dentro de um lightbox.

- Necessidade de ter a informação de caminho de navegação mesmo quando o usuário clica em um botão do site.

- URL do site esta construída de forma desordenada e é preciso realinhar a estrutura para que o conteúdo da página seja auto-explicativo no registro do GA.

 

Para isso o _trackPageview deve ser customizado da seguinte forma.

_gaq.push(['_trackPageview','NomeDaPagina']);

 

No local que esta NomeDaPagina, defina qual é o tipo de estrutura que você deseja registrar dentro do perfil do GA, mas lembre-se de que uma vez definida a estrutura ela deve ser seguida por toda a vida do seu site. Seguindo o mesmo padrão de tagueamento de página, você poderá comparar uma página do início do site e que não existe mais com outra que está atualmente no ar, cujo conteúdo seja parecido.

 

Obs.: O código _trackPageview deve conter somente a letra “P” em maiúsculo, caso alguma outra letra do código esteja em maiúscula ou o “P” seja minúsculo, o registro da informação de página não irá acontecer.


Enjoy!

About Bruno Martos

Head de Mídia Programática na 2ACTION, atendendo agências como DM9DDB, Africa, Sunset, Leo Burnett, Dentsu e AG2; 8+ anos de experiência em marketing digital, com passagens pela Aunica e Ogilvy; Especializado em mídia online e BI. Formado em publicitário na FAAP e pós-graduado em marketing na EAE-Barcelona; Principais clientes: Chevrolet, Fiat, Consul, P&G, C&A, O Boticário, Vivo, Claro, Kraft Foods, Asics, Citibank e Itaú.